HABEMUS FIG: Começa o 29º Festival de Inverno de Garanhuns

  • Postato por maurilio em Sexta 19 07-2019 08:51
HABEMUS FIG: Começa o 29º Festival de Inverno de Garanhuns

HABEMUS FIG: Começa o 29º Festival de Inverno de Garanhuns

 

Na noite desta quinta-feira (18/07) teve início o 29º Festival de Inverno de Garanhuns. O espetáculo "O Som e a Sílaba" (SP), dirigido por Miguel Falabella, foi encenado às às 19h no teatro do Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, abrindo oficialmente o evento. Devido à enorme demanda de público para assistir à peça, uma outra sessão ocorreu às 21:30min. O prefeito Izaías Régis, o governador de Pernambuco Paulo Câmara, o presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto, e o secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto, estiveram presentes na cerimônia de abertura.

 

De acordo com informações da Secretaria de Comunicação Social do município, em seu discurso, o prefeito Izaías Régis deu as boas-vindas ao público que veio e ainda virá à cidade durante a festa. “Agradeço ao Governo de Pernambuco pelo desempenho na organização do Festival de Inverno. Garanhuns está de braços abertos para receber os turistas que querem usufruir e conhecer a nossa cultura pernambucana”, enfatizou.

 

Já o governador Paulo Câmara, ainda segundo a Secom, enalteceu a pluralidade cultural da festa. “O FIG é feito com a ajuda de muita gente e queremos agradecer a todos que fazem parte deste grande evento. Com o apoio do Governo Municipal, planejamos, nos programamos e vamos ter uma belíssima festa, com expressões culturais de todo o nosso estado”, comemorou.

 

Quem também esteve na cerimônia de abertura do FIG 2019 foi a sobrinha de Jackson do Pandeiro, Geralda Miranda. Ela agradeceu a homenagem a seu tio.“Para minha família, é uma grande felicidade receber essa homenagem. Estou muito emocionada em estar em Garanhuns, nesta grande festa que é o Festival de Inverno de Garanhuns”, frisou.

 

SOBRE O ESPETÁCULO O SOM E A SÍLABA

 

“O som e a sílaba”, escrito e dirigido por Miguel Falabella especialmente para Alessandra Maestrini e Mirna Rubim, retrata a história de Sarah Leighton, uma mulher com diagnóstico de autismo com habilidades musicais e sua relação com Leonor Delis, sua professora de canto. “Muito obrigada pela presença de todas. "A gente soube que tinha muita gente esperando é isso fez toda a diferença pra gente. Estamos muito felizes em honrados de estar aqui. Queríamos agradecer ao Governo de Pernambuco pelo convite”, agradeceu Alessandra Maestrini após uma das sessões.

 

CATEDRAL DE SANTO ANTÔNIO TEVE TRIBUTO A LUIZ VIEIRA

O primeiro dia do FIG 2019 teve atividades culturais também na Catedral de Santo Antônio onde aconteceu um Tributo a Luiz Vieira. O momento começou por volta das 21 horas e teve a participação de nomes como Altemar Dutra Jr., Claudette Soares, Eliana Pittman e Marcio Gomes.

 

Eliana Pittman foi a primeira a se apresentar abrindo a grande noite com a música "Menino de Braçanã". Durante sua apresentação, a cantora também discursou enaltecendo a música pernambucana. 

Altemar Dutra Júnior- foto: Angélica Alexandrina

 

Em seguida foi a vez de Altemar Dutra Jr., que subiu ao palco após trocar um selinho com Eliana.  O filho do saudoso Altemar Dutra foi recebido pelo público com uma forte salva de palmas, emocionando a todo o tempo os que se faziam presentes. Altemar cantou músicas como "Paz no meu amor" e "Os olhinhos do menino",  esta última tendo sido pra ele motivo de forte emoção, como bem salientou. Dutra também entoou, acompanhado pelo público, a música "Sentimental Demais", um clássico imortalizado na voz genial de seu pai

Eliana Pittman-foto: Angélica Alexandrina

A carioca Claudette Soares entrou após Altemar Dutra Jr. (também dando-lhe um selinho), apresentando a canção "Inteirinha", seguida de "Guarânia da Saudade". Com irreverência, a artista contou uma breve história de sua amizade com Luiz Vieira. Ela disse ter vivido um momento marcante com o compositor caruaruense onde ela foi princesa do Baião e ele príncipe. Claudette ainda atrairia o coro do público muitas vezes como quando cantou "De tanto amor", clássico de Roberto Carlos.

Claudete Soares-foto: Angélica Alexandrina

 

Márcio Gomes chegou em seguida com o seu timbre grave trazendo "Guarânia da Lua Nova", seguida de "Balada do Amor Sublime" (cantada por Moacyr Franco). Em duas ocasiões chamou a plateia para cantar junto com ele nas músicas "Ave Maria no Morro" (de Herivelto Martins) e o principal sucesso de Luiz Vieira: "Prelúdio Pra Ninar Gente Grande (Menino Passarinho)”. Com tanta qualidade musical, Marcio Gomes foi aplaudido de pé por um público extasiado que presenciou, na primeira noite do 29º FIG, um momento memorável. A apresentação na catedral foi encerrada com a brilhante a reunião dos quatro artistas. Juntos, voltaram ao palco e brindaram o público cantando,"O Menino de Braçanã". 

Altemar, Eliana, Marcio e Claudete-foto:Angélica Alexandrina

 

A primeira noite do maior festival cultural do país foi apenas um prelúdio do que vem por aí.   Assim como o Menino Passarinho, no calor dos braços dessa cidade sejamos todos acolhidos e que voemos por entre toda a beleza e arte que este maravilhoso evento pode nos oferecer.  VIVA O FIG.

Público lotou a catedral nesta quinta, 18, dia de abertura do FIG 2019-foto: Angélica Alexandrina

Notícias Recomendadas

Faça um comentário

Publicidade

Lista de galerias

Publicidade

Mais tocadas

  • 1 Luan Santana

    Acordando o Prédio

  • 2 Wesley Safadão Part. Marília Mendonça

    Ninguém é de ferro

Publicidade

Publicidade