Prefeito de Garanhuns volta a negar espaço para realização de peça

  • Postato por maurilio em Quinta 26 07-2018 10:29
Izaías volta a Negar Espaço para apresentação do “O Evangelho Segundo Jesus Cristo, Rainha do Céu”, mas admite: “Justiça é Justiça, se eu for obrigado, eu vou fazer!”

Prefeito de Garanhuns volta a negar espaço para realização de peça

A montagem do espetáculo 'O Evangelho Segundo Jesus Cristo, Rainha do Céu' dentro do FIG foi determinada pelo TJPE, mas prefeito nega concessão do espaço

Publicado em 26/07/2018, às 09h12

???????

O espetáculo 'O Evangelho Segundo Jesus Cristo, Rainha do Céu' continua tendo realização negada por prefeito / Foto: Leonardo Pastor/Divulgação

O espetáculo 'O Evangelho Segundo Jesus Cristo, Rainha do Céu' continua tendo realização negada por prefeito

Foto: Leonardo Pastor/Divulgação

Editoria de Cultura
 

O prefeito de Garanhuns Izaías Régis (PTB) mantém-se irredutível em ceder o espaço do Centro Cultural de Garanhuns para a apresentação, ainda que a portas fechadas, bem como outros espaços públicos do município para apresentação da peça O Evangelho Segundo Jesus Cristo, Rainha do Céu, com a atriz Renata Carvalho. Na terça-feira, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) determinou que a montagem volte a integrar a programação do 28º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) 2018 em 24 horas. A liminar foi concedida pelo desembargador Silvio Neves Baptista Filho após o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) entrar com recurso. Uma multa de R$ 50 mil foi fixada em caso de descumprimento da decisão. O governo do Estado só vai se pronunciar após ser oficialmente intimado pelo Judiciário. Gestores da Secretaria de Cultura e a Fundarpe tomaram conhecimento extraoficial e já realizaram ontem reunião para discutir o assunto.

No documento, o desembargador afirmou que o monólogo estimula reflexão sobre discriminação às minorias. "A atração nada mais é do que um drama teatral, que busca conscientizar e estimular a reflexão sobre a discriminação social de uma minoria, especialmente das transexuais e travestis", disse. De acordo com Neves Baptista, o governo deveria providenciar a segurança necessária para a apresentação e determinou que "o município de Garanhuns se abstenha de embaraçar o cumprimento da decisão".

Izaías Regis afirmou que só cederá espaço público municipal se a justiça obrigar. "Continuo dizendo, o nosso Centro Cultural não está à disposição da Fundarpe. Se quiser fazer onde ia ser antes, eu não vou permitir, o nosso Centro Cultural vai ser fechado (...) mas Justiça é Justiça, se eu for obrigado, eu vou fazer", admitiu ao portal LeiaJá.

O prefeito fez duras críticas ao ato de protesto da cantora baiana Daniela Mercury, durante show no FIG no último sábado (21). No palco, ela se mostrou contra a censura da peça O Evangelho Segundo Jesus Cristo, Rainha do Céu, protagonizado por uma trans que interpreta o Nazareno, e era parte da programação da festa. Para o político, a artista ‘desrespeitou’ o município. “O que Daniela Mercury fez com minha cidade não foi uma coisa normal para uma pessoa que tem sensibilidade e família”, disse o prefeito, dizendo-se triste com o episódio, em entrevista ao LeiaJá.

De acordo com a publicação, Régis afirmou que a cantora utilizou o telão do palco para exibir uma foto que mostrava "ela e a namorada dela (a jornalista Malu Verçosa) uma em cima da outra", numa atitude que classificou como "desrespeitosa". O político também disse que a linguagem da cantora foi "inadequada" na ocasião.

Família cristã de Garanhuns

"Eu não tenho nada contra pessoas trans e LGBT, não sou homofóbico, agora eu acho que o limite de respeito tem que existir, não pode incentivar as crianças e adolescentes”, afirmou o prefeito. Para ele, as atitudes que ele tomou foram motivadas porque "a família cristã de Garanhuns, da qual eu sou representante mor, pede a mim que não permita a peça no Centro Cultural e não vou permitir".

Entretanto, Izaías Régis confessou ao portal que não estava presente no show de Daniela Mercury. “O que Daniela disse repercutiu na cidade de uma maneira, eu não assisti ao show dela, eu estava no Recife, mas eu vi nas redes sociais. Pelo amor de Deus, ela faltou com o respeito, ela foi aplaudida e vaiada”, argumentou.

Notícias Recomendadas

Faça um comentário

Publicidade

Lista de galerias

Publicidade

Mais tocadas

  • 1 Luan Santana

    Acordando o Prédio

  • 2 Wesley Safadão Part. Marília Mendonça

    Ninguém é de ferro

Publicidade

Publicidade