Santa Cruz vence Ceará e volta para o G4 da Série B

  • Postato por maurilio em Quarta 14 06-2017 09:40
Santa Cruz vira para cima do Ceará no Castelão e volta ao G4 na Série B

Santa Cruz vence Ceará e volta para o G4 da Série B

 

Depois de dois resultados ruins, o Santa Cruz voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B e ao G4. E vencer bem, de virada. Sob o comando de Adriano Teixeira, o Tricolor enfrentou o Ceará na Arena Castelão, pela 7ª rodada da competição na noite desta terça-feira (13), e ganhou por 3×1, com gols de Léo Lima, Bruno Paulo e Ricardo Bueno. O Alvinegro, que não tinha sofrido gols em casa na competição, marcou seu tento com Pedro Ken.

O excelente resultado para o Santa Cruz levou o time a 12 pontos na segunda divisão. Agora, a Cobra Coral fica na 4ª colocação e afasta o Ceará da zona de classificação, caindo para 8º lugar, com 10 pontos somados.

Na próxima rodada, o Tricolor recebe o Internacional, que empatou com o América nesta terça, no estádio do Arruda. A partida de sábado (17) começa às 16h30 e tem ingressos a partir de R$ 5. Um dia antes, o Ceará recebe o Luverdense.

 

PRESSÃO

O primeiro tempo começou como um defesa contra ataque. Sendo o Santa o Cruz o setor defensivo e o Ceará o ofensivo. A equipe coral não conseguiu passar do meio de campo. Logo no início, o veterano Magno Alves assustou o goleiro Julio Cesar. Rafael Carioca deu passe no meio para Pedro Ken, que entregou para Romário cruzar. O Magnata chutou de letra e a bola passou muito perto da trave esquerda tricolor. Cerca de dez minutos depois, ele novamente chutou para a defesa do arqueiro coral.

QUEM?

A pressão do Vôzão uma hora ia fazer efeito. O momento foi aos 27 minutos da etapa inicial. Após cobrança de escanteio de Romário, o zagueiro Valdo escorou para o meio da área do Santa Cruz, com cinco atletas da equipe pernambucana ocupando o espaço. Pedro Ken recebeu a bola e, sem ninguém dar o bote, mandou para a rede, abrindo o placar na Arena Castelão.

PAPELARIA

Depois de sofrer o gol, o Tricolor até melhorou um pouco, conseguindo chegar à área alvinegra, mas sem realmente levar perigo ao goleiro Éverson. O lance mais bonito naquele setor foi de Bruno Paulo. O jogador deu uma caneta no Roberto do time cearense, obviamente, perto da bandeira de escanteio. O adversário não gostou muito e cometeu falta em seguida, recebendo cartão amarelo.

EQUILÍBRIO

No segundo tempo, o Santa Cruz equilibrou a posse de bola e o panorama de defesa x ataque mudou. Não que os times levassem grande perigo às defesas adversárias. Até que aos 16 minutos o placar também ficou igual. André Luís tentou chutar na área alvinegra e a bola sobrou para Léo Lima. O veterano mandou por cima do goleiro para balançar as redes e empatar.

MAIS GOLAÇO

Ambos recém-chegados no Santa Cruz. Ambos com belos gols. Bruno Paulo, perto da linha da grande área, chutou colocado, no ângulo do goleiro Éverson e colocou o Santa Cruz a frente do placar na Arena Castelão, aos 25 minutos da etapa complementar.

FECHOU O PLACAR

Um outro reforço do time para a Série B seria o jogador a fechar o placar diante do Ceará. Pode não ter sido um golaço, como os dois anteriores, mas a jogada de Augusto, com um drible da vaca em Raul, pela esquerda da área alvinegra aos 36 minutos valeu a pena ser visto. O atacante entregou para Ricardo Bueno, que ampliou para 3×1 e encerrou o marcador.

FICHA DA PARTIDA – CEARÁ 1 x 3 SANTA CRUZ

Ceará: Éverson, Tiago Cametá, Rafael Pereira, Valdo e Romário; Raul, Richardson (Felipe Menezes), Pedro Ken (Pio) e Rafael Carioca (Arthur); Magno Alves e Roberto. Técnico: Givanildo Oliveira

Santa Cruz: Julio Cesar; Nininho, Jaime, Eduardo Brito e Roberto; Elicarlos, Gino (Thiago Primão) e Léo Lima (Augusto); Bruno Paulo (Wellington Cézar), Ricardo Bueno e André Luís. Técnico: Adriano Teixeira

Série B (7ª rodada). Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE) Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG – CBF) Auxiliares: Sidmar dos Santos Meurer e Felipe Alan Costa de Oliveira (ambos de Minas Gerais – CBF) Gols: Pedro Ken (C), aos 27′ do 1T, Léo Lima (S), aos 16′ do 2T, Bruno Paulo (S), aos 25′ do 2T, e Ricardo Bueno (S), aos 36′ do 2T. Cartões amarelos: Roberto (C), Raul (C), Bruno Paulo (S) e Elicarlos (S) Público: 9.539 Renda: R$ 75.392

Notícias Recomendadas

Faça um comentário

Publicidade

Lista de galerias

Publicidade

Mais tocadas

  • 1 Luan Santana

    Acordando o Prédio

  • 2 Wesley Safadão Part. Marília Mendonça

    Ninguém é de ferro

Publicidade

Publicidade